domingo, 27 de maio de 2018

Notícias Soltas

Não Fora O Período De Austeridade, E talvez O PS Não Fosse Hoje Mais Do Que Uma Colecção De Cromos

Na verdade, hoje, o PS existe por um acaso estatístico e um golpe de sorte irrepetível. Não fora o período de austeridade, talvez o PS não fosse hoje mais do que uma colecção de cromos. Aqueles quatro anos criaram um descontentamento de que o PS teve a sorte de beneficiar.

O que será, então, o PS do futuro? Para que servirá? Como resistente ao fascismo, trave mestra do pensamento da esquerda, já fez o que pôde, mas nem sequer foi o principal. Já a resistência ao comunismo fez a sua glória, em Portugal e na Europa.

As promessas que o PS vai deixar no fim deste congresso são conhecidas e pertencem à galeria dos lugares-comuns imortais. Igualdade social, de género, de etnias e de origens! Segurança! Descentralização! A cultura! O mar! Estamos conversados. Onde o esclarecimento falta é naquela que poderia ser a mais profunda marca do PS nas próximas décadas: a luta contra a corrupção! Contra os negócios do Estado, os favores e o nepotismo. Contra as cunhas e a promiscuidade. Contra a ocupação partidária do Estado. Contra a dependência dos plutocratas e dos sindicatos.

Com o seu currículo recente, é difícil imaginar um PS capaz de corrigir as causas da corrupção e de barrar os caminhos que a ela conduzem. Mais uma razão para fazer desse desígnio o mais importante do seu futuro próximo. Com liberdade e justiça, é aquilo de que Portugal mais precisa.

(excertos do artigo de António Barreto, DN)

Sorrio À Vida ...

No meio das trevas, sorrio à vida, como se conhecesse a fórmula mágica que transforma o mal e a tristeza em claridade e em felicidade. Então, procuro uma razão para esta alegria, não a acho e não posso deixar de rir de mim mesma. Creio que a própria vida é o único segredo.

Rosa Luxemburgo 

sábado, 26 de maio de 2018

Notícias Soltas (act.)

*Qualidade de Ouro distingue 7 praias de Odemira



*Souto Moura vence Leão de Ouro na Bienal de Arquitetura de Veneza

*Assis:
 Pede "nova maioria" para o PS
"A solução é má, mas o primeiro-ministro é bom"
Assis, adversário da 'geringonça', elogia Arnaut (Fonte: DN )

Despedida de Ronaldo? "Foi muito bonito jogar pelo Real Madrid"

Esta É A Frase

António Costa passou pela primeira noite de congresso com o mesmo discurso que tem usado nos últimos tempos. Mais linha, menos linha, quase nada mudou no relatório e contas dos tempos da governação e nos temas que decidiu trazer a este congresso e que o país-que-se-interessa-por-moções-a-congressos - uma imensa minoria - já conhece há semanas.

Paulo Tavares,'Serviços mínimos', DN 

Alegria !

A alegria é a nossa evasão do tempo.

Simone Weil 

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Notícias Soltas

*RGPD: Começou a nova era da proteção de dados na Europa. Saiba o que mudou


Open World Awards: Saiba Quais São Os Melhores Blogs De Viagens Portugueses



Na categoria de Open World, que elege o blog que mais inspira sobre a importância de viajar e que de alguma forma transmite a mensagem e visão da momondo aos portugueses, o vencedor foi o blog Alma de Viajante, de Filipe Gomes como o vencedor da categoria Open World; sendo que em segundo lugar nesta categoria ficou o blog Onde andam os Duarte?, da autoria de Samanta e António Duarte.

Na categoria de Blog, a escolha recaiu sobre o blog de Marta d’Orey, Gang do Pé Preto. A autora teve como objetivo criar uma plataforma para divulgar lugares e estilos de vida que as pessoas não sabem que existem e conseguiu fazê-lo de uma forma que nos leva a querer ler mais e mais, e nesta área, o segundo lugar ficou com o blog Life With Alice da autoria de Michelle Rita, que se destacou entre o público e os membros do jurí.

Na categoria de Fotografia a distinção foi para Ana Dias, eleita para primeiro lugar na categoria através da sua página de Instagram. Já a escolha do público recaiu no blog De Pés a Lês ACCM, de Mário Roldão, um “espaço de partilha sobre viagens, locais, pessoas, bem-estar e gastronomia”.

Por último, na categoria de Vídeo, ao primeiro prémio foi para o  vlog de Carla Mota, Viajar entre Viagens. E nesta categoria, o público deixou-se seduzir pelos vídeos de “Nunca Paras Quieta” de Soraia Barroca, que contagia todos os que estão à sua volta com a sua energia positiva.

Fonte: JE

Canção Do Dia De Sempre

Canção do dia de sempre


Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...


E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...


E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.


Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.


Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!


E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas ...

Mario Quintana 

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Notícias Soltas (act.)

*Sporting. Reunião vai definir futuro do clube. Direção não sai e fala em perigos. Varandas é candidato



Esta É A Frase

Vi, vivi, li, troquei argumentos e busquei o contraditório. Não tenho certezas mas sei identificar dilemas morais e éticos. Por saber que eles existem, e são grandes, choca-me a urgência dos deputados

José Manuel Fernandes, OBSR 

Verdade ...

Uma verdade sem interesse pode ser eclipsada por uma mentira emocionante.

Aldous Huxley 

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Notícias Soltas (act.)

A Democracia Representativa Não Vai Bem

A democracia representativa não vai bem. É imperativo reformá--la, pois continuamos sem alternativas melhores. Contudo, aqueles que gritam contra o flagelo do populismo limitam-se a atacar a febre em vez de combater a infeção que a provoca. Na última semana, a nacionalização mediática da autofagia de um grande clube de futebol quase que deixou na sombra um caso em que se combinam dois dos problemas que ameaçam as democracias: a) a captura do Estado por grupos económico-financeiros; b) a "maldição" dos recursos naturais. (continuar a ler)

O caso do furo de Aljezur, nas suas pinceladas grotescas, revela que a geringonça parece ter entrado naquela fase entrópica em que os governantes descuram até o decoro mínimo de manter o verniz da virtude republicana. Em breve saberemos se a prospeção que o executivo autorizou nas profundidades marinhas do Sudoeste não irá fazer estremecer o Palacete de São Bento.

(excertos do artigo de Viriato Soromenho Marques, hoje no DN

Boa Noite !

Para tudo na vida existe um novo dia,
um novo sol, 
um novo luar... 
Boa noite!

terça-feira, 22 de maio de 2018

Notícias Soltas (act.)

O Descalabro Nos Hospitais

No Hospital de Santa Maria a saída de enfermeiros (desde janeiro terão saído mais de cem) obrigou o hospital a fechar camas e um setor de cirurgia devido à falta de recursos humanos, mas prevê-se que noutros hospitais possam vir a ser encerrados serviços resultado daquilo que é a não autorização do Ministério da Saúde e Ministério das Finanças de contratar enfermeiros", disse fonte sindical 

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) advertiu esta terça-feira que além do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, há vários hospitais  como por exemplo no Hospital da Cova da Beira, no Centro Hospitalar do Porto e na Unidade Local de Matosinhos.que poderão vir a encerrar serviços porque o Governo não autoriza a contratação de enfermeiros.

Não se contratam enfermeiros de forma efetiva, não há autorização para substituir enfermeiros com ausências prolongadas desde que sejam contratos de trabalho em funções públicas e mesmo nos contratos individuais de trabalho só estão a ser substituídas as enfermeiras com licenças de parentalidade, mesmo estes contratos no que diz respeito às ausências por motivo de doença não estão a ser autorizadas as substituições. É o caos que está instalado.

De acordo com o DN, o número de enfermeiros está muito abaixo do necessário e só desde o início do ano mais de cem profissionais abandonaram o Centro Hospitalar Lisboa Norte e nem metade desse número foi contratado para compensar as saídas.

O Segredo Da Busca


O segredo da Busca é que não se acha. 
Eternos mundos infinitamente, 
Uns dentro de outros, sem cessar decorrem 
Inúteis; Sóis, Deuses, Deus dos Deuses 
Neles intercalados e perdidos 
Nem a nós encontramos no infinito. 
Tudo é sempre diverso, e sempre adiante 
De [Deus] e Deuses: essa, a luz incerta 
Da suprema verdade. 

Fernando Pessoa